Manchas de óleo atingem parrachos de Maracajaú

Derramamento de óleo nas praias do Nordeste já é considerado maior desastre ambiental do país em extensão.

Da redação, Com informações da Folha de São Paulo,
As manchas de óleo que estão atingindo as praias e rios do Nordeste chegaram aos parrachos de Maracajaú, que é um dos principais destinos turísticos do Estado. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9) pelo jornal Folha de São Paulo.

Segundo o jornal, a substância foi encontrada flutuando em meio aos parrachos (piscinas naturais), que fica em uma Área de Proteção Ambiental (APA) Recife de Corais.

O derramamento de óleo nas praias e rios do Nordeste já é considerado o maior desastre ambiental em extensão do país, com 2.100 km de manchas oleosas, que estão atingindo a região da Bahia ao Maranhão.

A presença de óleo nos parrachos foi percebida pela equipe do EcoRecifes, programa de monitoramento ambiental da Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar (Fundep). Segundo a EcoRecifes, foram encontrados pequenos fragmentos de óleo em suspensão na água e, devido à flutuação do material, os recifes não foram afetados.

A substância foi encontrada após rastreamento na área, depois que manchas apareceram na praia de Maracajaú, por duas vezes, e nas praias de Cabo de São Roque e Caraúbas, todas localizadas em Maxaranguape.

Tags: Meio ambiente
A+ A-