Câmara Municipal debate situação do lixo de Natal na próxima terça

Capital potiguar ainda precisa avançar muito com relação ao destino correto dos resíduos.

Da redação,
Elaine Vládia
Dickson Júnior explica que abraçou a causa diante da reclamação unânime que recebe em todos os recantos da cidade.

Apesar de coletar regularmente todo o lixo produzido nos seus quase 40 bairros e, segundo dados divulgados no início deste ano, Natal estar reduzindo desde 2014 sua produção de resíduos sólidos, a capital potiguar ainda precisa avançar muito com relação ao destino correto do lixo.

Atualmente, apenas cerca de 5% da cidade tem coleta seletiva, e o descarte de podas e entulhos de qualquer maneira nas ruas e terrenos, assim como o entupimento de galerias pluviais, pela população, ainda são grandes problemas. É diante disso que a Câmara Municipal de Natal debaterá na próxima terça-feira (17), a partir das 9h, os caminhos para tornar Natal uma cidade mais limpa.

Por proposição do vereador Dickson Júnior, a audiência pública pode trazer diagnósticos da situação, assim como sugestões de melhorias, mas principalmente encaminhamentos práticos e compromissos de avanços para levar Natal a ser uma cidade melhor de viver. “Queremos fazer uma dinâmica de trabalho para que os participantes apontem soluções e metas, mas que a população como um todo também tenha acesso a esse debate e possa fazer sua parte na construção de uma Natal mais limpa”, observa.

Dickson frisa, ainda, que a discussão ocorrerá numa semana muito emblemática, uma vez que, no sábado (21), acontecerá o Dia Mundial da Limpeza, em que Natal participará pela segunda vez do mutirão, que acontecerá simultaneamente em 158 países. Organizado pelo Instituto Cidade Limpa, com parceria da Prefeitura do Natal e diversos apoiadores governamentais e não governamentais, deve envolver mais de seis mil voluntários arrecadando 16 toneladas de lixo, superando as 13 toneladas de 2018, quando a cidade já se destacou nacionalmente.

A ação acontecerá das 9h às 13h na orla urbana e centros comerciais dos bairros do Alecrim e da Cidade Alta, principalmente.

Constatação

O vereador explica que abraçou a causa diante da reclamação unânime que recebe em todos os recantos da cidade com relação à falta de informação/educação da população com relação ao tema.

“Através do nosso projeto ‘Conversando com Você’, estamos indo semanalmente a todos os bairros de Natal para ouvir as demandas e buscar soluções. E em todos recebemos elogios à coleta regular, mas críticas à falta de educação das pessoas, que colocam lixo após o carro passar, expondo a bichos e doenças, além de jogar móveis, utensílios velhos e vários materiais nas ruas e até nas bocas de lobo, causando alagamentos no período chuvoso”, observa Dickson Júnior.

Tags: audiência pública Câmara Municipal de Natal Dickson Júnior situação do lixo
A+ A-