Câmara derruba veto a projeto que garante banho solidário para moradores de rua

Objetivo é ajudar pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social e que precisam de cuidados na higiene.

Da redação, CMN,
Elpídio Júnior/CMN
Vereadores realizaram sessão ordinária na última terça-feira para discutir medidas para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Em sessão ordinária nesta terça-feira (10), o plenário da Câmara Municipal de Natal derrubou o veto integral do Executivo ao Projeto de Lei n° 28/17, de autoria do ex-vereador Sandro Pimentel, que institui o uso de chuveiros itinerantes em ônibus ou outro meio similar adaptados para efetivação do Projeto Banho Solidário a fim de atender a população de rua. 

De acordo com a vereadora Divaneide Basílio (PT), que defendeu a matéria pela bancada de oposição, o intuito da iniciativa é ajudar pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social e que precisam de cuidados na higiene.

"Que bom que os parlamentares entenderam a importância desse texto. Na última quinta-feira fizemos um ótimo debate no qual elencamos os benefícios da proposição e apelamos pela manutenção do Banho Solidário. Trata-se de garantir dignidade para todos os cidadãos. Parabenizo o ex-vereador e agora deputado estadual Sandro Pimentel pela atitude. O próximo passo é cobrar para que a ideia saia do papel", disse Divaneide.

Por sua vez, o líder da bancada governista, vereador Kleber Fernandes (PDT), falou que a Prefeitura de Natal já desenvolve ações que contemplam pontos que o projeto prevê. "Temos, por exemplo, o Creas Pop com estrutura para banho e lavagem de roupa, além do do albergue mantido pelo Município. Dito isso, estabelecemos um diálogo com o Executivo, que declinou do veto, haja vista que será uma despesa pequena, não acarretará impactos financeiros e ajudará muita gente".

Tags: Câmara Municipal de Natal
A+ A-