Audiência pública debate reabertura do Kartódromo de Natal

Local foi desativado em 2013 para a construção do estádio para a Copa do Mundo de 2014.

Da redação, CMN,
Marcelo Barroso/CMN
Audiência pública na Câmara Municipal discutiu permanência do kartódromo de Natal na área da Arena das Dunas.

Uma audiência pública, proposta pela Frente Parlamentar em Defesa da Gestão Pública da Câmara Municipal de Natal, debateu nesta segunda-feira (7), a permanência do kartódromo de Natal na área da Arena das Dunas. O antigo kartódromo, aberto desde 1989, foi desativado em 2013 para a construção do estádio para a Copa do Mundo de 2014.

“Estamos prestes a perder o kartódromo porque uma empresa privada fechou o espaço. Por isso, estamos debatendo a importância da permanência do kart em Natal. Convidamos os representantes da empresa, mas não vieram e nem enviaram explicações”, disse o vereador Dinarte Torres (PMB), que coordena a Frente Parlamentar. Na audiência, o vereador Dinarte Torres recebeu uma homenagem, sendo reconhecido como “Patrono do Kart” pelos pilotos, ao mesmo tempo em que ele os homenageou pelos serviços prestados à cidade do Natal.

O presidente da Federação Potiguar de Automobilismo, Michel Aguiar, explicou que o antigo kartódromo era cedido à federação para administrá-lo, sem fins lucrativos. “Mas com a construção da Arena, foi prometido que o novo espaço ficaria disponível e isso não aconteceu. Temos pilotos para representar o estado, mas não temos pista para treiná-los”, revela. 

Em 2018, o empresário e piloto Marcelo Filho passou a alugar o espaço para kart indoor. Os pilotos então viram a oportunidade de voltar a treinar na pista, mas foram impedidos. “Reabrimos, mas temos que pagar muito caro e não conseguimos o suficiente para o aluguel. A empresa lacrou o espaço e estamos numa briga judicial”, conta o empresário. O custo cobrado para uma corrida, segundo foi revelado na audiência, é de R$ 8 mil.

Sem um espaço no estado, os pilotos potiguares precisam ir para outros estados. Edson Lima é um destes, que participa de um grupo com cerca de 70 pilotos. “A gente combina e marca a viagem para treinar na Paraíba, sendo que aqui a gente já tinha nosso espaço. Hoje, fica difícil até descobrir novos talentos porque não tem onde treinar”, relata.

O deputado Kleber Rodrigues participou da audiência e prometeu levar o debate também para a Assembleia Legislativa do estado.

A Secretária de Esporte e Lazer de Natal, Danielle Mafra, defendeu que Estado e Município precisam pensar num espaço oficial para a atividade que também tem sua função social. “Talvez seja hora de pensar no exemplo de outros estados. Essa discussão se refere a uma iniciativa público-privada, então, uma saída seria solicitar uma liberação daquele espaço enquanto não se resolve o que foi prometido, mas que se pense num espaço oficial, para que se possa difundir a modalidade”, sugere a secretária.

Tags: audiência pública Câmara Municipal de Natal kartódromo
A+ A-