Assembleia aprova aumento salarial do governador e equipe

Subsídio ao chefe do Executivo será de R$ 21.914,76 e o do vice-governador será R$ 17.531,80.

Da redação,
João Gilberto
O projeto foi aprovado pela maioria dos deputados presentes na sessão

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (16), o aumento salarial para o governador do estado, vice e secretariado. Novos valores começam a valer a partir do dia 1º de janeiro.

O projeto de autoria dos deputados Tomba Farias (PSB) e Raimundo Fernandes (PROS), foi aprovado pela maioria dos deputados presentes na sessão, recebendo as abstenções de Nélter Queiroz (PMDB) e Márcia Maia (PSB) e o voto contrário do deputado Fernando Mineiro (PT), alegando ser contrário em virtude da atual situação financeira como justificativa para seu voto.

O subsídio do governador será de R$ 21.914,76 e o do vice-governador será R$ 17.531,80. Os secretários de estado receberão provimentos mensais no valor de R$ 14.080,09.

Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, de acordo com relatório, aponta que aumento projeto visa a recomposição dos subsídios dos agentes públicos  de modo a compensar as perdas sofridas em face do processo inflacionário no período compreendido entre 1º de janeiro de 2003 e 1º de novembro de 2014.

Tags: Assembleia Legislativa Legislativo
A+ A-