Vice-presidente do STJ nega pedido para entrevista de Lula na prisão

Humberto Martins rejeita solicitação de um advogado que não integra o núcleo de defesa do ex-presidente.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Arquivo/Agência Brasil

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça] (STJ), Humberto Martins, negou pedido para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conceder entrevistas de dentro da prisão, em Curitiba, onde cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

O pedido foi feito por um advogado de fora da defesa do petista. Ricardo Luiz Ferreira afirmou ao tribunal que a solicitação se justificaria pela defesa de liberdade de imprensa.

Ao negar, o ministro cita manifestação do advogado de defesa de Lula, Cristiano Zanin, ao STJ, afirmando que o ex-presidente desautoriza “qualquer forma de representação judicial ou extrajudicial em seu nome que não seja através de seus advogados legalmente constituídos para representá-lo”. A declaração foi feita em outro habeas corpus apresentado ao tribunal por advogado de fora da defesa do petista.

No último dia 11, a juíza Carolina Moura Lebbos, da Vara das Execuções Penais de Curitiba (12.ª Vara Federal), negou ao ex-presidente participação em entrevistas e debates e também vetou a saída de Lula da cadeia para ‘participação presencial’ na Convenção Partidária Nacional do PT.

Tags: Lava Jato Lula preso STJ
A+ A-