MP denuncia filhos de Flordelis por matar marido da deputada

Segundo o Ministério Público, no dia do crime, Flávio dos Santos Rodrigues matou Anderson a tiros e Lucas Cezar dos Santos de Souza foi cúmplice do irmão.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Segundo a polícia, Flávio dos Santos Rodrigues confessou ter matado o pastor Anderson do Carmo de Souza.

O Ministério Público do Rio denunciou por homicídio nesta quinta-feira (15) Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza, filhos da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza. Os dois são acusados do assassinato do marido da parlamentar, Anderson do Carmo de Souza, em 16 de junho.

Segundo a denúncia, no dia do crime, por volta das 03h30, na casa onde o casal morava, em Niterói, na Região Metropolitana fluminense, Flávio matou Anderson a tiros. Lucas, para o MP, foi cúmplice do irmão, porque, sabendo da intenção, motivos e planos do irmão para matar Anderson, "a tudo aderiu e o ajudou a adquirir a arma utilizada no crime".

Flávio também foi denunciado por manter, em sua casa, arma de fogo, acessório e munição de uso proibido ou restrito. O acusado guardava uma pistola Bersa, modelo TPR9 calibre 9mm, com mira ótica e carregador.

O MP afirma que o acusado não tinha autorização legal para portar a arma. Ela tinha o número de série da arma raspado "e suprimido por ação mecânica". Peritos, porém, conseguiram identificá-lo em laboratório por meios químico-metalográficos, informou o MP.

Promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecom/MPRJ) requerem na denúncia que Flávio e Lucas sejam enquadrados por homicídio qualificado (artigo 121, § 2º, inciso I e IV, do Código Penal), com pena de reclusão prevista de 12 a 30 anos, e Flávio também por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (artigo 16 caput e parágrafo único, IV da lei 10.826/2003), com pena prevista de três a seis anos de reclusão.

Outro lado

O advogado Anderson Rollemberg, que defende Flavio, nega que seu cliente tenha confessado o crime, como tinha sido divulgado inicialmente. O Estado não conseguiu localizar a defesa de Lucas A deputada já afirmou não acreditar que os filhos sejam culpados.

Tags: Anderson do Carmo assassinato filhos de Flordelis indiciamento Ministério Público
A+ A-