MP investiga fraude de R$ 1,5 milhão em Caiçara do Rio do Vento

Ação apura crimes e cumpre mandados de prisão e busca e apreensão.

Da redação, Ministério Público,
Ministério Público / Divulgação
Estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Natal, Parnamirim, Umarizal, Felipe Guerra e Caiçara do Rio do Vento.
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP) deflagrou nesta terça-feira (24) a operação Cambalacho. O objetivo é apurar um esquema fraudulento que aplicou golpes de pelo menos R$ 1.549.550,00 em Caiçara do Rio do Vento, cidade da região Central do Estado.

Com apoio da Polícia Militar, estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Natal, Parnamirim, Umarizal, Felipe Guerra e Caiçara do Rio do Vento.

A operação investiga os crimes de peculato, organização criminosa, falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica, estelionato e lavagem de capitais, entre outros delitos que ainda serão apurados.

A operação Cambalacho conta com a participação de 10 promotores de Justiça, 9 servidores do MP e ainda de 43 policiais militares. Além dos seis mandados de prisão, foram cumpridos outros 9 mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados.

Tags: Investigação
A+ A-