Bragantino abre 4 a 1, mas São Caetano reage e busca empate com um jogador a menos

Apesar da reação, o São Caetano segue em situação delicada, amargando a lanterna do Grupo A do paulistão.

Da redação, Estadão Conteúdo,
O São Caetano mostrou neste sábado um poder de reação incrível ao buscar o que parecia impossível. Em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista, o time do ABC empatou contra o Bragantino por 4 a 4, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP), depois de ter ido para o intervalo perdendo por 4 a 1 e com um homem a menos.

Apesar da reação, o São Caetano segue em situação delicada, amargando a lanterna do Grupo A e em penúltimo lugar na classificação geral. São apenas quatro pontos e nenhuma vitória. Por outro lado, o Bragantino chegou aos nove e é o líder do Grupo C, mas pode ser ultrapassado por Ferroviária e Corinthians no complemento da rodada.

O primeiro tempo foi bastante movimentado e com cinco gols. Após Rafael Marques perder uma chance clara para o São Caetano, o Bragantino abriu o placar aos 15 minutos. Wesley cruzou e Rafael Chorão emendou de primeira no cantinho. O time da casa sentiu o golpe e a situação só piorou depois disso.

Aos 28 minutos, o goleiro Douglas derrubou Wesley fora da área e foi expulso. Na cobrança da falta, o reserva Jacsson rebateu chute de Itaqui e Wesley ampliou com chute de primeira. Logo depois, no contra-ataque, Matheus Peixoto rolou para o atacante Wesley fazer o seu segundo gol no jogo.

O São Caetano ainda diminuiu em pênalti cobrado por Bruno Mezenga, mas Matheus Peixoto fez o quarto após falha bizarra do volante Willians, que errou um chute dentro da área.

O que parecia impossível aconteceu no segundo tempo. O Bragantino voltou do vestiário displicente e viu o São Caetano marcar dois gols em um espaço de dois minutos. Aos 10, Alex Reinaldo cobrou falta com força e no canto de Alex Alves. Na sequência, Joécio subiu livre, desviou de cabeça e fez o terceiro.

Embalado, o time do ABC partiu para cima e chegou a acertar a trave em chute de Minho. O tão procurado empate saiu aos 40 minutos. Vitinho cobrou falta, o goleiro Alex Alves saiu mal do gol e Bruno Mezenga deu um leve desvio de cabeça.

O São Caetano volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Guarani, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). Na sexta-feira, o Bragantino recebe o Novorizontino, às 21 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Os jogos serão válidos pela oitava rodada.

FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO 4 x 4 BRAGANTINO

SÃO CAETANO - Douglas; Alex Reinaldo, Joécio, Max e Capa; Pablo (Gleyson), Willians (Vinícius Kiss) e Vitinho; Minho, Rafael Marques (Jacsson) e Bruno Veiga. Técnico: Pintado.

BRAGANTINO - Alex Alves; Itaqui, Lázaro, Junior Baiano e Acácio; Adenilson, Magno e Rafael Chorão (Esquerdinha); Vitinho (Adriano Paulista), Matheus Peixoto e Wesley. Técnico: Marcelo Veiga.

GOLS - Rafael Chorão, aos 15, Wesley, aos 32 e aos 35, Bruno Mezenga (pênalti), aos 40, e Matheus Peixoto, aos 42 minutos do primeiro tempo; Alex Reinaldo, aos 10, Joécio, aos 12, e Bruno Mezenga, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Chorão, Lázaro, Adenilson, Itaqui, Wesley e Magno (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Douglas (São Caetano).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

RENDA - R$ 5.860,00.

PÚBLICO - 589 pagantes.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Tags: Futebol
A+ A-