Apresentação de Bruno é cancelada pelo Poços de Caldas

Cumprindo pena no semiaberto, goleiro não conseguiu autorização judicial para ir ao evento.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Facebook/Poços de Caldas
Estreia do goleiro está marcada para o dia 6 de outubro, em amistoso contra o União Mogi.
O Poços de Caldas FC cancelou a apresentação do goleiro Bruno Fernandes, que estava marcada para esta quarta-feira. A equipe mineira informou que o jogador não teve autorização da Justiça para deixar Varginha, onde cumpre pena em regime semiaberto pelo assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samúdio, além de cárcere privado do menino Bruninho, e fosse para Poços de Caldas, onde seria a evento. O clube ainda vai anunciar uma nova data para apresentar seu atleta mais conhecido.

A estreia do ex-flamenguista está marcada para o dia 06 de outubro, em amistoso contra o União Mogi, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas. O goleiro, que está com 34 anos, conseguiu progressão para regime semiaberto depois de ser condenado a 20 anos e 9 meses de prisão pelos crimes cometidos em junho de 2010.

Em mensagem postada pelo clube em suas redes sociais no dia 6 de setembro, Bruno disse estar entrando em forma para a próxima temporada. "Alô, galera do Vulcão (como é conhecido o Poços de Caldas)! Estou aqui na academia me preparando com o preparador físico Will e em breve estarei com vocês."

Contratado dia 27 de agosto, Bruno deve continuar morando em Varginha, onde fixou residência após sair da prisão, e ir para Poços de Caldas para treinar. Em caso de jogos fora da cidade, ele pode apresentar um pedido à Justiça para viajar. O Poços de Caldas disputa a terceira divisão do Campeonato Mineiro.

Em 2017, Bruno chegou a voltar a atuar pelo Boa Esporte, na segunda divisão do Campeonato Mineiro. O goleiro, no entanto, entrou em campo cinco vezes antes de ser novamente preso. Foram duas vitórias, dois empates e uma derrota.

Tags: Futebol
A+ A-