Pelé critica banco para Kaká e Ronaldinho

Rei do Futebol diz que Dunga deveria ter colocado os craques para jogar desde o início.

O Rei Pelé não gostou nada de ver Kaká e Ronaldinho Gaúcho no banco da seleção brasileira durante o amistoso contra a Argélia, na última quarta-feira, em Montpellier, na França. Os craques entraram no intervalo, levantaram a bola do time e foram fundamentais na vitória brasileira por 2 a 0.

Para Pelé, se Dunga convocou a dupla, deveria ter colocado os dois para jogar desde o início. Fã do futebol das duas estrelas, Pelé acha que manter Ronaldinho e Kaká no banco é desperdício.

"Não havia a necessidade de levar o Kaká e o Ronaldinho para deixar no banco. O Dunga sabe o que esperar deles, já são jogadores formados", defende o Atleta do Século. Ao ser questionado sobre se deixaria os dois no banco caso fosse o treinador, Pelé foi enfático.

"Se fosse para deixá-los na reserva, eu nem convocaria. Achei que foi um erro da comissão. Se está fazendo um jogo-treino, não precisa testar quem você já conhece, quem já passou por Copa do Mundo", afirma.

Pelé foi além e acredita que o desempenho da dupla no segundo tempo complicou a situação de Dunga, pois acredita que a pressão para escalar as estrelas nos próximos jogos será muito grande.

"O Dunga levou, deixou no banco, colocou no segundo tempo e o time ganhou depois que os dois entraram. Aí ficou complicado para ele", afirma.

Pelé deu sua opinião em concorrida entrevista coletiva nesta quinta-feira para lançamento de seu museu, que será erguido na cidade.

Fonte: Globo Esporte
A+ A-