Diretor do Barcelona revela que não há nada acertado para tirar Neymar do PSG

Contrato do jogador brasileiro com o time francês é válido até junho de 2022.

Da redação , Estadão Conteúdo,
Philippe Wojazer/Reuters
Neymar ainda não atuou nesta temporada pelo Paris Saint-Germain, ficando fora da Supercopa da França.

A menos de 48 horas para o fechamento da janela de transferências na Europa, os últimos capítulos da novela Neymar estão sendo revelados e o futuro do brasileiro parece mesmo ser a sua permanência no Paris Saint-Germain. Diante de muitas especulações sobre o atacante, o diretor de relações institucionais e esportivas do Barcelona, Guillermo Amor, revelou neste sábado (31) que nada está acertado com o jogador para sua volta ao time da Catalunha.

"Muitas coisas estão sendo faladas sobre a contratação do Neymar Não há nada certo neste momento. Estamos esperando para ver o que pode ser feito, mas na última hora sempre pode acontecer algo", disse o ex-zagueiro, hoje dirigente, em entrevista ao canal espanhol de TV Movistar+, logo após o empate por 2 a 2 do Barcelona contra o Osasuna, em Pamplona, pela terceira rodada do Campeonato Espanhol.

As especulações pela Europa aumentam cada vez mais. Neste sábado, o jornal francês L'Équipe publicou em seu site que o atleta brasileiro teria comunicado aos diretores do Paris Saint-Germain e aos familiares que não irá para o Barcelona e permanecerá no clube da França.

As negociações parecem ter esfriado na última sexta-feira, quando o jornal catalão Mundo Deportivo publicou que os dois times não teriam entrado em acordo sobre os termos da transferência. Inclusive, o técnico Ernesto Valverde e líderes do elenco do clube como Messi e Piqué já teriam sido informados que o brasileiro não voltaria ao Barcelona. Neste sábado, o próprio L'Équipe afirmou que Neymar estaria disposto a pagar 20 milhões de euros (R$ 91,2 milhões) do próprio bolso para viabilizar a negociação, sem sucesso.

Assim, sabendo que o Barcelona teria desistido da negociação, Neymar já teria informado às pessoas próximas e ao próprio clube que segue em Paris por mais uma temporada. A novela já se arrasta há dois meses e, além do time catalão, Real Madrid e Juventus teriam negociado para contratar o atacante. O contrato de Neymar com o time francês é válido até junho de 2022.

Neymar ainda não atuou nesta temporada pelo Paris Saint-Germain, ficando fora da Supercopa da França (estava suspenso no torneio disputado em jogo único) e das três primeiras rodadas do Campeonato Francês por decisão do clube, que esperava ele resolver a situação. O jogador deve se juntar ao grupo da seleção brasileira para amistosos contra Colômbia e Peru nesta segunda-feira, em Miami, nos Estados Unidos - isso se for possível viajar para a cidade, que deve ser atingida pelo furacão Dorian nos próximos dias.

Tags: Barcelona negociação frustrada Neymar PSG
A+ A-