América perde do Figuirense e tem pior campanha da história do Brasileirão

Num frio de dez graus em Santa Catarina, time potiguar é derrotado na estréia do técnico Paulo Moroni.

Ana Paula Oliveira,
Numa noite fria, em Florianópolis, o América, até que começou bem mas terminou perdendo por três a um para o Figueirense. 

O time catarinense saiu na frente no placar. Logo aos 20 minutos,  Jean Carlos abriu o marcador para os donos da casa, depois de uma jogada de letra do ex-atacante rubro Frontini e após um rebote em que o goleiro Gléguer reclamou de ter sofrido uma falta.

Porém, menos de dez minutos depois, numa jogada individual de Geovane, que dominou a bola e bateu de perna esquerda, o empate rubro aconteceu. Depois disso, o América, começou a administrar as jogadas terminando o primeiro tempo empatado e sonhando em trazer um pontinho do Sul.

No segundo tempo, o Figueirense entrou em campo mais determinado. Prova disso, foi a virada que aconteceu aos 13 minutos, com o gol de André Santos. Aos 30 minutos, Léo chutou forte de fora da área e a bola ainda resvalou em Cris deixando sem chances o goleiro americano Gléguer.

Com o resultado, os catarinenses quebraram uma seqüência de sete jogos na temporada sem vencer e o time potiguar segue com a pior campanha de todos os tempos no Brasileirão da Série A, somando apenas dez pontos em 22 jogos.

Para se ter uma idéia, no campeonato de 2006, o Santa Cruz, que terminou rebaixado, chegou à 22ª rodada somando 17 pontos.

No jogo que marcou a estréia do técnico Paulo Moroni, o América volta para casa (onde enfrenta o Juventude, no próximo sábado, às 18h) contabilizando como positivos apenas a aplicação tática do time e as boas atuações de Adãozinho, Berg e Geovane.

Como ponto negativo, a morosidade do zageiro Cris, que inclusive parece estar um tanto acima do peso, sem tempo de bola.



FICHA TÉCNICA
Jogo: FIGUEIRENSE 3 x 1 AMÉRICA
Data: 29/08/2007
Tipo: Campeonato Brasileiro Série A – 22ª rodada
Local: Estádio Orlando Scarpelli – Santa Catarina
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Marco Antônio Gomes/MG (FIFA) e Márcio Eustáquio S. Santiago/MG.

Gols: 1º tempo : Jean Carlos (Fig), Geovane (Ame) – 2º tempo André Santos e Léo (Fig).

América: Gléguer, Ney Santos, Cris, Carlos Eduardo, Robson, Rogelio, Luis Maranhão, Adãozinho, Leandro Sena, Berg e Geovane.
Técnico: Paulo Moroni

Figueirense: Wilson, Chicão, Felipe Santana, Asprilla, Rui, Carlinhos, Peter, Jean Carlos, André Santos, Otacílio Neto (Leo) e Frontini (Diogo)
Técnico: Mário Sérgio.
A+ A-