Maduro e Trump parabenizam Bolsonaro por eleição

Presidente venezuelano pede que dois países trabalhem de mãos dadas por mundo mais justo; Trump também telefona, segundo líder do PSL.

Da redação, Estadão Conteúdo,

SELO-ELEIÇÕES-2018-100O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, parabenizou neste domingo (28), o presidente eleito Jair Bolsonaro pela vitória no segundo turno das eleições.  Segundo o próprio Bolsonaro, em pronunciamento na internet,  o presidente americano, Donald Trump, telefonou para Bolsonaro, parabenizando-o pela vitória.

"Acabei de receber a ligação de alguns líderes, entre eles o presidente dos Estados Unidos, que acabou de nos ligar desejando sorte", disse. "Foi um contato amigável."

Em nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores da Venezuela, Maduro deu seus "sinceros parabéns" ao candidato do PSL e pediu que, uma vez no governo, ele retome relações diplomáticas de respeito, harmonia, progresso e bem estar entre os povos.

"O povo e o governo venezuelano ratificam seu compromisso em continuar trabalhando de mãos dadas com o povo-irmão brasileiro por um mundo mais justo e multipolar", diz a nota, difundida pelo chanceler Jorge Arreaza em sua conta no Twitter.

Em seu pronunciamento após a vitória eleitoral, Bolsonaro prometeu "libertar o Brasil e o Itamaraty das relações internacionais com viés ideológico a que foram submetidos nos últimos anos".

O embaixador Ruy Pereira foi expulso da Venezuela no fim do ano passado. Em meados deste ano, o governo anunciou que iria enviá-lo de volta, mas segundo Itamaraty, a embaixada ainda não tem um embaixador ativo.

As relações entre os dois países, próximas nos governos do PT, se distanciaram na gestão de Michel Temer. Durante a campanha, essa proximidade foi explorada pela campanha de Bolsonaro.

Tags: Eleições 2018
A+ A-