Professor da rede estadual é selecionado para curso de física na Suiça

Élcio Tavares foi selecionado, entre inscritos no Brasil inteiro, a participar de uma jornada científica no Cern.

Da redação, SEEC,
Assecom/Seec
Dentre os 20 professores selecionados, Élcio Tavares foi o único docente potiguar a classificar-se no processo.

Um professor de Física do Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lourdinha Guerra (CEEP), localizado em Parnamirim, foi selecionado, entre inscritos no Brasil inteiro, a participar de uma jornada científica no maior laboratório de física de partículas do mundo, o Cern (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), Organização Europeia para Pesquisas Nucleares, sediado em Genebra, na Suíça. 

Professor do ensino médio, Élcio Tavares foi classificado para participar do programa “Escolas de Professores do Cern em Língua Portuguesa”, iniciativa do Cern destinada a professores secundaristas do mundo inteiro.

O evento realizar-se em forma de curso, durante o período de 29 de agosto à oito de setembro, e tem por objetivo desenvolver aulas sobre Física de Partículas e campos afins, sessões experimentais, além de visitas aos laboratórios do Cern. 

Dentre os 20 professores selecionados, Élcio Tavares foi o único docente potiguar a classificar-se no processo, que consistiu na análise de currículo e é voltado somente para professores de Física e áreas semelhantes. 

De acordo com o professor, o curso oferecido pelo Cern trata-se de uma oportunidade para expandir seus conhecimentos, bem como acredita que está representando a educação pública do país, e em especial, do Estado potiguar. “Acredito que vou aprender muito a respeito de assuntos que geralmente não são dados no ensino médio, mas que representam a pesquisa de ponta em Física hoje. A proposta é de replicar essa formação com os colegas do Estado, de modo a aprimorar o conhecimento e incentivar a procura por cursos da área, que necessita de pessoal com urgência”, avalia o professor.

A seleção realizada por Élcio destinou-se somente aos professores brasileiros e faz parte de uma triagem maior, que envolve outros países de língua portuguesa. Durante a realização do curso, o professor natalense dialogará com docentes de outras nacionalidades, como Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, entre outros. 

Em 2017, o Rio Grande do Norte também participou do programa “Escolas de Professores do Cern em Língua Portuguesa”. Na ocasião, o Estado foi representado pelo professor Ivanês Oliveira Alexandrino, docente do município de Currais Novos. 

Cern

Criado em 1954, o Cern é uma organização internacional composta por 22 países membros. Sua missão é promover a colaboração, entre seus Estados integrantes, no desenvolvimento de investigações científicas no campo da Física e áreas afins. Com um efetivo de mais de 11 mil cientistas e engenheiros, representando 580 universidades e centros de pesquisa de 80 países diferentes, a Organização opera o maior acelerador de partículas do mundo, o LHC, no qual foi recentemente detectado o conhecido Bóson de Higgs.

Tags: curso de física na Suiça Élcio Tavares SEEC
A+ A-