Escolas estaduais e UERN suspendem aulas nesta quarta-feira

Protesto contra o contingenciamento na Educação acontece na tarde de hoje, nas proximidades do Midway Mall.

Da redação, Sinte,
Arquivo/Governo do Estado

Os trabalhadores em educação do Rio Grande do Norte estão aderindo à Greve Nacional da Educação convocada pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) para esta quarta-feira (15). A paralisação atinge as escolas estaduais e ainda as aulas da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte), a expectativa é que em pelo menos 82 cidades, entre elas Natal, aconteçam atos públicos e outras atividades em protesto contra os cortes na educação pública e a reforma da Previdência.

Pelo menos 75 das 102 universidades e institutos federais do País convocaram protestos para esta quarta-feira (15), em resposta ao bloqueio de 30% dos orçamentos determinado pelo Ministério da Educação (MEC).

Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) aderiram ao movimento nacional. Em Natal, será realizada às 13h30min uma atividade no campus central do IFRN, com a presença de Guilherme Boulos. Depois, os manifestantes devem se concentrar no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira e seguindo em caminhada em direção à BR-101.

Tags: Educação Protestos
A+ A-