Escola de Natal cria programa próprio para desenvolver inteligência emocional dos alunos

Projeto "Imagine! Desenvolvimento, Protagonismo e Liderança" já é realidade desde o início do ano letivo.

Da redação,

Como formar alunos para a vida em sociedade e não somente para ter boas notas? Esse é um grande desafio para as escolas. Dominar disciplinas como matemática, física e geografia é muito importante, mas também para isso, crianças e adolescentes precisam do desenvolvimento socioemocional adequado e que os prepare para os desafios da vida – dos relacionamentos familiares à carreira profissional. Por isso, uma escola de Natal criou o seu próprio programa de inteligência emocional que abrange todo o ensino, inserido em sala de aula desde a primeira infância até o fim da fase escolar.

O projeto “Imagine! Desenvolvimento, Protagonismo e Liderança” foi elaborado pela psicóloga Paloma Melo Dantas para o Complexo Educacional Contemporâneo e já é uma realidade desde o início do ano letivo 2019. Por meio dele, a construção dos valores a partir de 16 habilidades (como autoconhecimento, controle de impulsos e resistência às frustrações) é trabalhada na prática pedagógica com jogos, técnicas e atividades complementares, que promovem uma interação entre escola, estudante e família.

Segundo a psicóloga, como faz parte do processo de aprendizado direto e não é passado de uma maneira isolada, os benefícios já podem ser vistos dia a dia e serão absorvidos de maneira permanente. “Em cada atividade é possível que eles aprendam e se desenvolvam. E a sua repetição e conexão com outras atividades faz eles compreenderem o propósito de uma formação mais ampla e conectada com o desenvolvimento socioemocional. Com os exercícios relacionados às 16 habilidades, aprendem a lidar com suas emoções, melhoram a relação com as pessoas e com os desafios que estão sempre enfrentando no processo de aprendizado”, explica Paloma Dantas.

Tendência e necessidade da educação

Alunos que têm o contato com projetos como o desenvolvido pelo Contemporâneo também apresentam melhorias no desempenho nas disciplinas tradicionais, como mostra uma pesquisa do Departamento de Psicologia da Universidade de Chicago, realizada com 270 mil alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, que apontou que estudantes submetidos ao aprendizado de competências socioemocionais apresentaram uma melhora de 11% em suas notas.

Ainda de acordo com a psicóloga Paloma Dantas, as questões emocionais aos poucos deixam de ser tabu para a sociedade e começam a ganhar espaço no diálogo social. Por isso, a abordagem da inteligência emocional é uma tendência dos centros de educação inovadores. “A formação integral do ser é entendida hoje como algo muito maior do que apenas aprender as disciplinas tradicionais. É preciso se conectar mais com os desafios dos alunos e passar a contribuir neste fortalecimento emocional”.

Como explica a diretora do Contemporâneo, a educadora Irany Andrade Xavier, a escola sempre esteve atenta ao tema e implementou diversos projetos com foco no desenvolvimento socioemocional, mas sentiu a necessidade de integrar todo o conhecimento à essa base.

“A diferença agora é que o Imagine!, além de ser um projeto exclusivo da escola, desenvolvido e criado pensando em todas as demandas particulares, está estruturado para englobar todas as séries, se comprometendo com uma formação integral dos alunos”, explica a educadora sobre o projeto autoral.

Tags: Complexo Educacional Contemporâneo Imagine! Desenvolvimento, Protagonismo e Liderança Paloma Melo Dantas
A+ A-