Ano letivo da rede municipal de ensino tem início nesta quinta-feira

Ato chamou a atenção de muita gente na capital, devido ao atraso em relação às redes estadual e privada.

Da redação,
Reprodução
Para Sávio Hackradt, início tardio é absurdo, uma vez que o ano letivo sempre é preparado no ano anterior.

O ano letivo da rede municipal de Natal teve início apenas nesta quinta-feira (14). O fato chamou a atenção de muita gente na capital, devido ao atraso em relação às escolas da rede estadual e privada, que já haviam iniciado as atividades bem antes do carnaval.

Para o jornalista Sávio Hackradt, o início tardio é absurdo, uma vez que o ano letivo sempre é preparado no ano anterior. “A Prefeitura e a Secretaria de Educação, até dezembro, definem todo o planejamento e execução do ano letivo subsequente. O carnaval de Natal terminou há alguns dias e foi um sucesso. Por que a educação da capital não é também um sucesso?”, questionou.

Indagado sobre se a saída da secretária Justina Iva da pasta teria afetado o calendário, Sávio Hackradt disse que a responsabilidade sobre o planejamento do ano letivo de 2019 era dela, uma vez quem em dezembro, a professora ainda estava sob o comando da SME.

De acordo com a Prefeitura, o início tardio das aulas decorre da greve dos professores municipais ocorrida em 2018. A paralisação ocorreu entre 21 de março e 16 de maio. Devido ao movimento paredista, o ano letivo do ano passado só foi encerrado em janeiro deste ano.

Para marcar o início das aulas, o prefeito Álvaro Dias escolheu a Escola Municipal Professor Carlos Bello Moreno pelo fato de a unidade de ensino obter atualmente a melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino.


Confira o vídeo:


Tags: início do ano letivo rede municipal de ensino
A+ A-