Alunos de escola estadual lançam livro produto do Programa de Inovação Pedagógica

"Educar pela pesquisa" tem 42 artigos produzidos por turmas da 1ª série do ensino médio.

Da redação, Governo do RN,
Solano Petta
Gláucia Lavínia, de 17 anos, que participou desta e experiência, disse que se pedirem para designar o PIP em uma palavra, esta seria mudança.

Mostrar-se capaz, lutar por um objetivo, mantendo foco e disciplina. Foi assim que os alunos da 1ª série do ensino médio da Escola Estadual Peregrino Júnior, do Conjunto Santa Catarina, em Natal, conseguiram deixar para trás, a realidade de lerem 0,5 livro por ano e atingirem a marca de cinco livros.

“Esse foi apenas um dos resultados dos trabalhos a partir do PIP - Projeto de Inovação Pedagógica, desenvolvido pela Secretária de Educação com recursos do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial. A partir do investimento de R$ 45 mil, sete turmas, sendo 280 alunos, sofreram uma enorme transformação na aprendizagem, despertando o interesse pela leitura.   E o melhor, o que virá a partir disso, será muito maior e trará ainda mais crescimento na vida de cada um desses jovens”, disse a secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa.

Corroborando o pensamento da secretária Cláudia, na manhã desta quinta-feira (2), como parte dos produtos desta ação, foi lançado o livro ‘Educar pela pesquisa – Desenvolvendo e aperfeiçoando as competências de leitura, interpretação e escrita.

“Imagine só: uma obra produzida pelos próprios estudantes, com quase 50 artigos escritos por aqueles mesmos que nem liam?!  Essa é a prova da capacidade e de como eles se desenvolveram”, comemorou o professor Nednaldo Dantas do Santos, coordenador do projeto, nesta escola.

Durante o evento, a estudante Gláucia Lavínia, de 17 anos, que participou desta e experiência, disse que se pedirem para designar o PIP em uma palavra, esta seria mudança. “Mudança completa de vida, de postura, de metas e objetivos. As turmas da primeira série estavam perdidas e agora, com nossas cabeças abertas para o mundo, sabemos o que queremos e enxergamos, por exemplo, que só vamos escrever bem se lermos muito. E assim seguiremos”, contou.

Ver nesses alunos, essa mudança que a Gláucia Lavínia tão bem falou é de grande alegria. É saber que o trabalho que estamos desempenhando na busca da melhoria de serviços públicos como a Educação está dando certo, que estamos fazendo diferença. Portanto, continuaremos para que venham mais Gláucias, Joanas, Josés, e que estes possam crescer por meio da escola, por ensinamentos”, finalizou Vagner Araújo, coordenador do Governo Cidadão e secretário da Sethas.

Projeto de inovação pedagógica

Desenvolvido pela Secretaria de Educação do RN, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, o Projeto de Inovação Pedagógica (PIP) tem como objetivo oferecer apoio pedagógico, técnico e financeiro ao desenvolvimento de propostas de aprendizagem inovadores que possibilitem o fortalecimento dos processos educacionais. 

Em sua primeira edição, em 2015, o PIP envolveu 111 escolas. Na segunda,2016, foram 130 escolas beneficiadas. Na etapa atual ( 3ª edição), o projeto contempla 158 instituições de ensino.

Tags: ensino médio lançamento de livro Programa de Inovação Pedagógica
A+ A-