RN recebe vôo charter da Argentina

Atualmente, o Estado recebe vôos charters de vários países e também cinco vôos regulares da TAP(Transportes aéreos portugueses).

O Rio Grande do Norte recebeu na madrugada deste sábado (5), um vôo charter direto de Córdoba, na Argentina.

O primeiro vôo procedente da segunda maior cidade argentina para Natal aconteceu há um ano e continuou por oito semanas.

Neste ano, a operadora argentina, Lozada Turismo, em parceria com as operadoras GIT e TRIAD, retomam a operação até o mês de março.

A ação conta com apoio da Secretaria de Turismo do Estado e receptivo da Potiguar Turismo. Desembarcarão cerca de 174 passageiros, que ficarão na cidade e visitarão também a praia da Pipa.

O vôo semanal será operado pela companhia Ocean Air. Embora o vôo esteja confirmado para operar até o mês de março, a intenção é que a rota continue sendo oferecida durante todo o ano, de Córdoba, via Recife para Natal, acrescentou Decca Bolonha, diretora da Potiguar Turismo.

O resultado desta ação deve-se ao constante trabalho de promoção e divulgação do Rio Grande do Norte, no mercado argentino, com agências de viagens de Córdoba e imprensa especializada.

O secretário de Estado do Turismo, Fernando Fernandes, ressalta a importância da chegada do vôo charter da Argentina, pois se trata de um dos mercados mais importantes do Mercosul.

O Rio Grande do Norte tem participado ativamente das feiras internacionais e nacionais buscando cada vez mais a divulgação e promoção do destino.

O subsecretário de turismo do Estado, Armando José, participou de workshops junto com a coordenadora para assuntos internacionais, Gina Robinson, organizado pelo Governo do Estado junto ao trade turístico de Córdoba.

No ano passado, o presidente da Agência Oficial de Córdoba de Turismo, Dom Carlos Alesandri, esteve em Natal, acompanhado do diretor da Lozada Viagens, Hugo Mercau, onde se reuniu com autoridades do turismo e o trade potiguar para anunciar as novidades da operação ligando Argentina e Natal.

Atualmente, o Estado recebe vôos charters de vários países e também cinco vôos regulares da TAP(Transportes aéreos portugueses).


Fonte: Assecom/RN
A+ A-