Pressionado, Marcos Cintra troca número dois da Receita Federal

Mudança ocorre em meio à crise após críticas de atuação política do órgão.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Valter Campanato/Agência Brasil
Em meio a uma crise, Marcos Cintra, secretário especial da Receita Federal, decidiu trocar o titular do cargo de subsecretário-geral do órgão.

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, decidiu trocar o titular do cargo de subsecretário-geral do órgão. Segundo uma fonte, José Paulo Ramos Fachada Martins da Silva será substituído pelo auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto, que já foi superintendente adjunto da Receita na 4.ª Região – Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Atualmente, ele está lotado em Pernambuco.

Servidor de carreira, Fachada é o número dois da Receita e é, na prática, o responsável pela gestão do dia a dia do Fisco. A troca do comando na subsecretaria-geral ocorre em meio à crise institucional na Receita após críticas de atuação política do órgão, que partem sobretudo do Supremo Tribunal Federal (STF) e Tribunal de Contas da União (TCU). 

Na semana passada, pessoas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro pediram ao superintendente da Receita no Rio de Janeiro, Mário Dehon, a troca de delegados chefes de duas unidades no Estado - a delegacia da Alfândega da Receita Federal no Porto de Itaguaí e da Delegacia da Receita Federal no Rio de Janeiro II, na Barra da Tijuca.

Os subsecretários da Receita Federal se reuniram nesta segunda-feira (19) para discutir a crise atual. Há uma expectativa de que outros subsecretários também entreguem o cargo.

Tags: Marcos Cintra Receita Federal
A+ A-