Preço da manga espada na Ceasa está mais baixo

Segundo boletim semanal de variação de preços realizados pela Ceasa, a abóbora leite também registrou redução no preço.

Ana Paula Oliveira,
Divulgação
A redução no preço da manga espada, que atualmente se encontra em safra no estado, é de 22,89%
A manga espada ficou mais barata. É o que garante o boletim semanal de variação de preços realizados pela Ceasa-RN. O período da pesquisa corresponde do dia 28 de dezembro até o dia 3 de janeiro deste ano. A redução no preço da manga espada, que atualmente se encontra em safra no estado, é de 22,89%. A caixa com 25 quilos de manga, por exemplo, que custava R$13,40 baixou para R$ 10,33.

Outro produto hortifrutigranjeiro que teve redução, de acordo com o boletim semanal da Ceasa, foi à abóbora leite. A hortaliça, que também está em safra no estado, registrou uma queda de -13,33%. O quilo, por exemplo, que antes era comercializado por R$0,50, agora está custando R$ 0,43.

O feijão verde sem casca e o tomate Santa Adélia continuam sendo os vilões dos preços altos. O feijão teve reajuste de 13,64%. Já o tomate registrou alta de 28,09%. Segundo alguns comerciantes do local, o motivo no aumento desses produtos se deve a escassez de chuvas, no caso do feijão verde, e o fim da safra do tomate no Rio Grande do Norte e nos estados vizinhos.

A Ceasa disponibilizou o serviço de tele-preços, através da Ouvidoria Central, para quem quiser saber mais informações sobre os produtos pesquisados. Os interessados devem ligar para o 0800.281.3330, das 8 às 16h. Além disso, podem acessar o site da Ceasa (www.ceasa.rn.gov.br).

Produtos com preços em baixa:
Abacate fortuna (-3,92%), acerola (-0,90%), ameixa fresca importada (-3,60%), goiaba (-8,70%), limão Tahiti (-5%), manga espada (-22,89%), manga rosa (-36,67%), nectarina (-2,15%), pêra importada (-8,51%), seriguela (-16,67%), tangerina cravo (-3,85%), acelga (-6,67%), abóbora leite (-13,33%), batata lisa especial (-2,48%).

Produtos com preços em alta:
Caju (7,14%), graviola (4,17%), manga Tommy (6,56%), maracujá (8,61%), melancia redonda (11,11%), uva Itália (1,56%), repolho branco (10%), chuchu (11,11%), feijão verde sem casca (13,64%), pimentão amarelo (21,40%) pimentão verde extra (3,33%), pimentão vermelho (21,40%), tomate Santa Adélia (28,09%), beterraba (7,59%), cebola pêra nacional (1,63%), cebola roxa (1,63%), macaxeira aipim (3,45%).

*Com informações do Site da Assecom
A+ A-