Ministro-chefe da Presidência garante ao Estado R$ 429 milhões da cessão onerosa

Após leilão frustrado, Luiz Ramos surpreendeu ao anunciar verba superior ao que era esperado.

Da redação,
Sandro Menezes / Assecom
Em reunião com a governadora Fátima nesta quinta, ministro surpreendeu ao anunciar verba da cessão onerosa ao Estado e Municípios do RN.
O ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Ramos, surpreendeu nesta quinta-feira (7), durante reunião com a governadora Fátima Bezerra (PT), na Governadoria do Estado, após garantir que até o dia 29 de dezembro, o Estado do Rio Grande do Norte e os municípios irão receber um total de R$ 771 milhões, recurso referente a cessão onerosa do petróleo. 

Com a destinação deste montante, o ministro afirmou que o Estado receberia R$ 429 milhões, enquanto R$ 348 milhões seriam destinados aos municípios. A informação surpreendeu e gerou grande expectativa do Governo, isso porque com o resultado aquém do esperado no megaleilão do petróleo, a expectativa era de que o Estado recebesse apenas R$ 161,9 mi dos R$ 327 mi que esperava receber inicialmente. 

O ministro, no entanto, não explicou o motivo do possível aumento no repasse de recursos ao Estado e Municípios do RN. De acordo com ele, o valor foi informado pelo Ministério da Economia. 

Ainda durante a reunião, o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, explicou que o anúncio do ministro surpreendeu e admitiu não saber explicar a diferença entre o montante que era esperado  e o que foi anunciado por Luiz Ramos.

Tags: Economia
A+ A-