Empresas que aderiram ao Simples Nacional têm até janeiro para confirmar permanência

Atualmente, 17 empresas beneficiadas pelo Proadi, que migraram para o Simples Nacional precisam redefinir sua classificação.

Redação,
A Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico (Sedec) divulgou nesta segunda-feira (7) que as empresas beneficiadas pelo Proadi (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial) e que migraram para o sistema de tributação Simples Nacional, têm até o dia 31 de janeiro para fazerem a opção de permanecer no Simples Nacional ou pedir a exclusão.

Atualmente, 17 empresas precisam redefinir sua classificação. As empresas que optarem pela exclusão, retornarão ao Sistema Normal de tributação e permanecerão com os benefícios do Proadi.

As informações sobre a redefinição da classificação das empresas podem ser conferidas pela página da Receita Federal na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou no posto de atendimento da Receita no Estado.

Proadi

O Proadi é um programa instituído pelo Governo do Estado, que oferece incentivos econômicos a praticamente todas as empresas industriais que pretendam instalar-se no Estado.

Os incentivos são equivalentes a até 75% do valor do ICMS mensal para as empresas instaladas em Distritos Industriais ou no interior do Estado.

Para aquelas instaladas em Natal ou na Grande Natal, o incentivo está limitado em até 60%, exceto para investimentos superiores a R$ 20 milhões.
A+ A-