Descontração marca o lançamento do Carnaval Multicultural Natal 2014

Presidente da Funcarte, Dácio Galvão, ressaltou que o carnaval terá uma retomada diferenciada este ano.

Prefeitura de Natal,
Fotos: Alex Régis/Secom
Clima momesco marcou o lançamento do Carnaval Multicultural Natal 2014 no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão.

A Prefeitura entrou definitivamente no clima momesco ao lançar na manhã desta segunda-feira (24), no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão, o Carnaval Multicultural Natal 2014. Com a presença do prefeito Carlos Eduardo, do presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), Dácio Galvão, do Rei Momo e da Rainha e do artista homenageado João Mendonça, o evento foi marcado pelo clima de descontração inerente ao período de Momo.

Rica e diversificada, a programação aponta para a valorização dos artistas locais. Nomes como os cantores Rodolfo Amaral, Khrystal e Lane Cardoso estão confirmados. “Quando eu cheguei à Prefeitura em 2002, me foi dito que Natal não tinha mais carnaval. Nunca aceitei essa afirmativa. Como o carnaval podia desaparecer? A partir de 2005, com Dácio Galvão, fizemos um esforço muito grande. Houve um hiato de quatro anos, mas agora estamos retomando o carnaval de Natal”.

Ele disse que a gestão valoriza a prata da casa, os carnavalescos e compositores, como é o caso de João Mendonça, morador do bairro da Redinha e compositor da música do bloco Os Cão. “O prefeito vai estar em todos os dias de programação. Neste ano, o carnaval vai crescer. E no próximo ano será bem melhor. O povo de Natal estará nas ruas durante o carnaval”, afirmou.

carnaval_mSintonizado com o pensamento do prefeito, o presidente da Funcarte, Dácio Galvão, ressaltou que o carnaval 2014 terá uma retomada diferenciada via edital público e  patrocínio da Companhia de Bebidas das Américas (Ambev), que incrementou o carnaval no Rio, Salvador, Recife e Olinda. Para o gestor, o carnaval é uma força-motriz da economia, e num breve futuro o aumento do patrocínio permitirá a realização de um evento auto-sustentado.

“Para nossa surpresa, a adesão ao edital foi grande. Nós reforçamos os polos da Redinha, Ponta Negra, Rocas e Cidade Alta. Quero crer que com a participação do artista plástico Flávio Freitas, da Semsur e da Ambev, o carnaval deverá ter uma pulsação diferenciada com uma nova concepção visual. A gente começa a pavimentar um caminho sem volta, por meio do chamamento público de editais”, comemorou Dácio Galvão.

O idealizador do bloco e desfile d’As Kengas, Lula Belmont, comentou que a expectativa para o carnaval deste ano é boa. Conforme o carnavalesco, a organização está caminhando bem, com o envolvimento das secretarias municipais parceiras. Em relação ao edital, ele declarou que aprova a nova modalidade de apoio ao carnaval. “É o caminho mais certo”, resumiu. Há 31 anos presente no carnaval natalense, o desfile d’As Kengas ocorre no domingo de Momo, no Centro Histórico. Este ano o evento vai ter a participação da cantora Mart’nália. Outros nomes de peso como Alceu Valença, Moraes Moreira, Elba Ramalho e Os Originais do Samba também estão confirmados nos cinco polos multiculturais.

carnaval_m1Para o diretor do bloco O Galo dos Perturbados, Naldo Alves de Oliveira, o lançamento do carnaval foi bem organizado. A expectativa é que supere o do ano passado. Em seu quarto ano de existência, O Galo dos Perturbados sairá na terça-feira, arrastando 400 foliões pelas ruas da Cidade Alta. Antes disso, haverá uma prévia na segunda-feira. A mascote do bloco é um galo cenográfico de três metros de altura. Participaram, ainda, do evento diversos secretários municipais, carnavalescos e artistas envolvidos no Carnaval Multicultural Natal 2014. 

Plano de Mobilidade

Após o lançamento do Carnaval Multicultural Natal 2014, o secretário adjunto de Trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Clodoaldo Cabral, apresentou o Plano de Mobilidade para a folia de Momo, explicando os desvios e bloqueios que ocorrerão no trânsito nos dias de carnaval nos cinco polos.

De acordo com o gestor, a Semob atuará no carnaval com um efetivo de 200 agentes de mobilidade, 27 batedores e 12 viaturas. A secretaria também utilizará 1.200 cones, além de dois acertos geométricos. A recomendação é que o folião evite se deslocar com o próprio veículo, optando pelo transporte público, táxis e carona amiga. No polo Redinha, por exemplo, estão proibidos trios elétricos. Haverá ônibus “corujão”, que fará 19 viagens durante a madrugada.
A+ A-