Romário comemora renúncia de Joseph Blatter

Para o senador, saída do suíço foi a “melhor notícia dos últimos tempos”.

Da redação,

Responsável pela coleta das 53 assinaturas que aprovaram a abertura da CPI da CBF, o ex-jogador e senador Romário (PSB-RJ) não escondeu a alegria pela renúncia de Joseph Blatter à presidência da Fifa, anunciada nesta terça-feira, em Zurique, na Suíça.

Em sua página oficial no Facebook, Romário disse que que a saída do suíço do comando da entidade foi a “melhor notícia dos últimos tempos” e que a renúncia de Blatter “representa o início de uma nova era para o futebol mundial”.

O ex-atacante da seleção brasileira disse também que “todos os gestores corruptos das confederações, mundo afora, sentirão sua queda como um tsunami. Espero, agora, que as águas desta grande onda sejam suficientes para varrer toda a corrupção liderada pela entidade maior do futebol”.

Para Romário, a crise na Fifa é “uma ótima oportunidade de fazer uma limpeza efetiva no futebol em todo o mundo”, e pediu “prisão para os corruptos e que se apresentem grandes ídolos, bons gestores esportivos, amantes do futebol, todos aqueles que podem contribuir com este novo momento”.

O ex-jogador encerrou sua nota pedindo a renúncia de Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Leia a íntegra da nota de Romário

Melhor notícia dos últimos tempos! A renúncia de Joseph Blatter ao cargo de presidente da FIFA representa o início de uma nova era para o futebol mundial. Todos os gestores corruptos das confederações, mundo afora, sentirão sua queda como um tsunami. Espero, agora, que as águas desta grande onda sejam suficientes para varrer toda a corrupção liderada pela entidade maior do futebol.

A prisão de vários dirigentes na última semana, fez com que eclodisse a maior crise já enfrentada pela FIFA e Blatter que, até então, dizia nada ter a ver com as investigações, não suportou uma semana de pressão. Sorte do futebol. A crise neste momento é mais do que bem-vinda. Temos uma ótima oportunidade de fazer uma limpeza efetiva no futebol em todo o mundo. Prisão para os corruptos e que se apresentem grandes ídolos, bons gestores esportivos, amantes do futebol, todos aqueles que podem contribuir com este novo momento.

A saída de Battler abre uma enorme lacuna, é hora de darmos as mãos. Agora sim, podemos dizer que abrimos caminho para uma mudança efetiva no futebol mundial. Nas últimas décadas, a FIFA se transformou apenas em uma máquina de ganhar dinheiro. Interesse que ficou acima da missão do futebol de unir os povos, derrubar barreiras sociais, despertar paixões. É hora de retomarmos essa missão social.

Espero sinceramente que o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, também renuncie. Deus é grande e as palavras têm poder.

Tags: Romário
A+ A-