Plano de trabalho da CPMI da Petrobras deve ser apresentado na segunda

Já foram apresentados 542 requerimentos ao colegiado e o relator afirmou que precisa analisá-los para apresentar seu planejamento.

Agência Brasil,
Agência Brasil
Marco Maia criticou a pressa em querer chegar ao resultado da CPMI antes das eleições de outubro.

O deputado Marco Maia (PT-RS), ex-presidente da Câmara de 2011 a 2012, foi indicado para a relatoria da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras e deve apresentar seu plano de trabalho na segunda-feira (2), às 17 horas.

“Estamos iniciando um trabalho, botando em curso um 'caminhão'. É quase humanamente impossível apresentar amanhã um roteiro de trabalho consistente para olhar  todos os lados da investigação”, disse Maia.

Já foram apresentados 542 requerimentos ao colegiado e o relator afirmou que precisa analisá-los para apresentar seu planejamento. Marco Maia criticou a pressa em querer chegar ao resultado da CPMI antes das eleições de outubro. “Eu acho isso um erro. A comissão tem de se pautar pela investigação, ser a mais técnica possível, buscar todas as informações e não servir de palanque eleitoral para A ou para B.”

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi eleito hoje presidente do colegiado, por 19 votos a 10, e indicou Maia para a relatoria. Vital do Rêgo também é o presidente da CPI do Senado, instalada há duas semanas. O senador Gim (PTB-DF) foi eleito vice-presidente do colegiado misto, por 18 votos a 11.

Tags: câmara CPI Petrobras
A+ A-