Freixo confirma candidatura à Presidência da Câmara em oposição a Maia

Deputado federal eleito pelo PSOL-RJ disse que pretende enfrentar a agenda de Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia.

Da redação, Estadão Conteúdo,

O deputado federal eleito Marcelo Freixo (PSOL-RJ) confirmou sua candidatura à Presidência da Câmara em oposição ao atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tentará a reeleição. O anúncio foi uma reação ao acordo de Maia com o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. O apoio do partido de Bolsonaro a surpreendeu partidos de oposição.

"Sou candidato à presidência da Câmara dos Deputados por um amplo campo republicano e democrático que lutará para resgatar o espírito da Constituição. Vamos enfrentar a agenda de Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia que aprofundará ainda mais as desigualdades no país", afirmou Freixo pelo Twitter.

A eleição para os integrantes da Mesa Diretora da Câmara ocorre no dia 1º de fevereiro. Ao confirmar sua candidatura, Marcelo Freixo dirigiu críticas à agenda de Jair Bolsonaro. "O Congresso Nacional precisa se comprometer com o fortalecimento e a ampliação dos direitos sociais, ameaçados pelo novo governo e seus aliados. O meu compromisso como candidato à presidência da Câmara é com uma agenda econômica e social que promova a cidadania", declarou.

Na quarta, dirigentes do PT afirmaram que buscarão conversas com outros partidos de oposição para definir seu posicionamento em relação à eleição da Câmara. O acordo de Maia com o PSL desagradou a legenda, que também conversava com o atual presidente da Casa buscando um espaço na Mesa, e provocou reação.

"Não durou 24 horas o discurso de Bolsonaro de rompimento com a velha política. Hoje foi selado pelo PSL um acordão, envolvendo cargos, com os partidos políticos que ele tanto criticou, para apoiar reeleição de Rodrigo Maia para a Câmara dos Deputados", escreveu no Twitter a presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann.

Tags: Câmara dos Deputados Marcelo Freixo
A+ A-