Comissão aprova obrigatoriedade de medidores individuais de água em prédios

De acordo com o relator, deputado Nilmário Miranda (PT-MG), a medição individualizada estimula o uso racional da água

Câmara dos Deputados,

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (7) proposta que obriga os condomínios a instalar medidores individuais de consumo de água. Pelo texto (PL 5020/13, do Senado), a exigência entrará em vigor apenas cinco anos após a publicação da nova lei e valerá somente para os condomínios construídos depois desse período.

De acordo com o relator, deputado Nilmário Miranda (PT-MG), a medição individualizada estimula o uso racional da água. “Estudos demonstram que a adoção do sistema gera, em média, redução de 30% no consumo nos prédios de apartamentos”, afirma.

Escassez
Nilmário lembra que a água do País é mal distribuída entre as regiões e que os locais mais povoados têm problemas sérios com a poluição. O parlamentar ressalta que a Amazônia, onde estão as mais baixas concentrações populacionais, possui 78% da água superficial, enquanto o Sudeste, com a maior concentração de habitantes, dispõe de apenas 6% do total.

O deputado sustenta ainda que, em 2011, as 100 maiores cidades brasileiras geraram mais de 5,1 bilhões de m³ de esgoto, dos quais mais de 3,2 bilhões de m³ não receberam tratamento. “Nesse contexto, qualquer medida que ajude a reduzir o desperdício é bem-vinda”, argumenta.

A+ A-