Alcolumbre diz que há acordo para manter veto de Bolsonaro a emendas impositivas

Governo encaminhou ao Congresso três propostas que alteram leis orçamentárias em vigor.

Da redação, Agência Câmara,
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que o veto do Executivo às emendas impositivas do relator-geral do Orçamento de 2020 será mantido. “Essa polêmica não faz bem para o Brasil. Vamos manter o veto e votar a regulamentação do orçamento impositivo. Os líderes (partidários) fizeram entendimento republicano e democrático”, disse.

Alcolumbre disse que o acordo entre os líderes da Câmara e do Senado inclui a votação ainda dos três projetos de lei que regulamentam o orçamento impositivo. O governo encaminhou ao Congresso Nacional, nesta terça-feira (3), três propostas que alteram leis orçamentárias em vigor.

“O sinal claro do governo de fortalecer o Legislativo dá ao Parlamento a tranquilidade de manter o veto. Votar os projetos de lei do Congresso Nacional (PLNs) é fundamental, acho que o diálogo e a conciliação são fundamentais para conseguir avançar”, afirmou Alcolumbre.


Tags: Congresso Nacional
A+ A-