‘Bacurau’, filmado no RN, vence prêmio de Melhor Filme no Festival de Munique

Longa dos diretores pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles estreia em 29 de agosto no Festival de Gramado, RS.

Da redação,

bacurau_munique_370O filme “Bacurau”, dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles e gravado no interior do Rio Grande do Norte, venceu o prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Munique. A premiação ocorreu ontem (6), na Alemanha. Em maio, o longa faturou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, na França.

A estreia de “Bacurau” em solo brasileiro está prevista para 29 de agosto, no Festival de Gramado, no Rio Grande do Sul. No Festival de Munique, o prêmio concedido ao filme dos pernambucanos foi o da Competição Internacional Cinemasters. Juliano Dornelles, codiretor e corroteirista, e a produtora do longa, Emilie Lesclaux, foram à Alemanha receber o prêmio.

Com Sônia Braga no elenco, o filme retrata um pequeno povoado do Sertão nordestino, que sofre com a morte de Dona Carmelita, uma mulher muito querida, interpretada pela cirandeira Lia de Itamaracá. Dias depois, os moradores percebem que a comunidade não está mais nos mapas.

De acordo com a assessoria de “Bacurau”, o prêmio em Munique prevê 50 mil euros em equipamentos para o próximo filme dos realizadores. Em festivais de língua portuguesa, a obra estreou no dia 29 de junho, abrindo o Festival de Vila do Conde, em Portugal.

“Bacurau” é um projeto que vem sendo desenvolvido desde 2009. Ao G1, Juliano Dornelles informou que o sentimento é de reconhecimento pela circulação do trabalho no mundo.

Tags: Bacurau Munique
A+ A-