Prefeituras de Natal e Parnamirim são multadas em R$ 900 mil

A multa foi aplicada por que os municípios não cumpriram a decisão judicial de extinguir os lixões e implantar programas de educação ambiental e coleta seletiva.

Redação,
As Prefeituras de Natal e Parnamirim foram multadas pela Justiça Federal, em 900 mil reais cada, por não terem cumprido a decisão judicial de extinguir os lixões e implantar programas de educação ambiental e coleta seletiva.

A decisão de 1999 deveria ser cumprida em um ano. Mas, passados sete anos não foram cumpridas nenhuma das determinações. Agora, além de pagarem a multa, a Prefeitura de Natal está obrigada a implantar em 24 meses um plano de recuperação ambiental na área onde funcionava o lixão de Cidade Nova. E seis meses para encontrar uma solução para que o lixo colocado no antigo aterro não mais permaneça a “céu aberto”.

Também será dado um prazo de seis meses para que seja implantado um programa de educação ambiental de manejo do lixo.

Os prefeitos das duas cidades estão sujeitos a multa de R$ 100 diariamente caso descumpram as decisões e os prazos judiciais.
A+ A-