MP realiza mais uma audiência para achar uma solução para desastre no rio Potengi

A audiência desta segunda-feira foi realizada entre a promotora de meio ambiente Gilka da Mata e a bióloga Rose Dantas.

Gabriela Duarte,
Gabriela Duarte
"A audiência de hoje não troxe nenhuma informação mais significativa", disse Gilka da Mata
A promotora de Meio Ambiente, Gilka da Mata, e a bióloga Rose Dantas, se reuniram na manhã desta segunda-feira (24) para apurar e conseguir novos dados sobre o desastre ambiental que ocorreu no rio Potengi no dia 29 de julho passado. A audiência ocorreu na sede da promotoria de Meio Ambiente, em Natal.

Gilka da Mata informou que a audiência com Rose Dantas não trouxe nenhuma informação nova, e que nesta terça (25) vai se reunir com os professores da UFRN. “Estamos realizando diversas audiências com o objetivo de resolver o problema”, disse a promotora.

Já Rose Dantas, que compareceu ao Ministério Público acompanhada por dois advogados, não informou o que foi divulgado na audiência. “Não posso revelar nada. Só sei que o manancial do rio Potengi está prejudicado e os pescadores estão sofrendo. O Ministério Público está trabalhando de forma honesta e eu garanto que desta vez ninguém vai colocar panos quentes em nada”, assegurou a bióloga.
A+ A-