IFRN é o maior medalhista da Olimpíada Nacional de História

Etapa final da competição aconteceu na Unicamp, neste fim de semana.

Da redação, IFRN,
Ascom/IFRN
IFRN conquistou 19 medalhas, sendo 4 ouros, 6 pratas e 9 bronzes, de um total de 20 premiações angariadas pelo Rio Grande do Norte.

O IFRN foi o grande vencedor da 11ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), cuja final aconteceu neste fim de semana (17 e 18 de agosto), na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A Instituição conquistou 19 medalhas, sendo 4 ouros, 6 pratas e 9 bronzes, de um total de 20 premiações angariadas pelo Rio Grande do Norte, que também foi o Estado com mais premiações no certame.

Ao todo, o evento distribuiu 75 medalhas, sendo 15 de ouro, 25 de prata e 35 e bronze.  Além delas, foram concedidas ainda medalhas de honra ao mérito. A região Nordeste também teve um papel de destaque, com 58 medalhas, o que corresponde a 77% do total. A final contou com a participação de 314 equipes, reunindo 1,2 mil convocados de todos os estados brasileiros.

A cerimônia de premiação contou com a participação de estudantes, professores, historiadores de relevância nacional e autoridades, como representantes da Anpuh (Associação Nacional de História), Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), ProfHistória (Programa de Mestrado Profissional em Ensino de História) e a presença do reitor da Unicamp, Marcelo Knobel.

Protagonismo do IFRN na premiação

Para Gerardo Júnior, professor de História do Campus Mossoró do IFRN e acompanhante dos alunos e alunas medalhistas, a conquista é um exemplo da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem dos Institutos Federais como um todo, e do IFRN, em específico: “precisamos fortalecer e defender ainda mais os pressupostos educacionais que estão consubstanciados no nosso Projeto Político Pedagógico (PPP). Não podemos aceitar uma possível privatização e/ou o sucateamento dos Institutos Federais”, afirmou.

Ainda segundo o professor, o diferencial do IFRN para proporcionar uma conquista deste porte é a proposta de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e Tecnológica, em quatro anos, que possibilita aos estudantes uma formação educacional mais completa e complexa.
Também foi realizada uma preparação no Campus Mossoró, desde fevereiro, com palestras, atividades virtuais análogas às encontradas nas fases da ONHB, resolução de questões no estilo da Olimpíada e encontros semanais com os atletas olímpicos do conhecimento. “O empenho e a dedicação dos estudantes que abraçaram esse projeto de ensino, que se tornou a ONHB em nossa instituição foi fundamental”, concluiu.
Tags: IFRN Olimpíada Nacional em História do Brasil
A+ A-