Força-tarefa trabalha para evitar rompimento de açudes e recuperar rodovia

Previsão é que em 48 horas seja liberada uma parte da estrada que dá acesso a Santana do Matos.

Da redação, Governo do Estado,
Sandro Menezes/Governo do Estado
Governo mobilizou 10 homens, três tratores e três caminhões-caçamba para repor o aterro e fazer a ligação da estrada à ponte.

O Governo do Estado está tomando as providências para recuperação da cabeceira da ponte na estrada RN 041 que liga a BR 304 ao município de Santana do Matos na região central do estado. Nesta terça-feira (23), através do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), o Governo mobilizou 10 homens, três tratores (enchedeira, escavadeira e rolo compressor) e três caminhões-caçamba para repor o aterro e fazer a ligação da estrada à ponte.

Segundo o encarregado dos serviços prestados pela construtora CLC, Francisco Alex de Oliveira, a previsão é que nas próximas 48 horas seja liberada uma parte da estrada, restabelecendo a ligação com Santana do Matos.

Açude São Miguel 2

Ainda na manhã desta terça-feira autoridades e técnicos do Governo do Estado estiveram no açude São Miguel 2, no município de Fernando Pedroza para decidir as ações a serem executadas para evitar o rompimento da barragem daquele reservatório que hoje está com sua capacidade máxima de 8,5 milhões de metros cúbicos.

Representantes do DER, do Instituto de Gestão de Águas do RN (Igarn), da Defesa Civil estadual e do Corpo de Bombeiros do RN, sob orientação técnica da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), concluíram que será preciso rebaixar o volume do açude em 80 centímetros.

Para isso será aberto um novo sangradouro e ampliado o já existente. O coordenador da Defesa Civil do Estado, tenente-coronel BM Marcos de Carvalho, explicou que com estas medidas a população terá mais segurança.

Por solicitação do Governo do RN, dois técnicos da Defesa Civil nacional, Magno Costa e Rafael Machado, vieram de Brasília e também inspecionaram a área hoje. Eles explicaram que o órgão federal poderá ajudar com a liberação emergencial de recursos para as obras necessárias.

Tags: Cidades Governo do Estado
A+ A-