Festa de inauguração da ponte Newton Navarro é marcada pela tranqüilidade

Público pequeno e segurança reforçada ajudaram a manter o clima pacífico.

Karla Larissa,
Vlademir Alexandre
A quantidade estimada de público era de pelo menos de 40 mil pessoas.
Nem mesmo toda a publicidade e divulgação em torno da inauguração da Ponte Newton-Navarro (Forte-Redinha) foi suficiente para atrair um grande público.

Com uma quantidade aquém do esperado e com a segurança reforçada, o evento transcorreu com tranqüilidade.

Na delegacia de plantão de Zona Sul, onde deveriam ser levadas as ocorrências da festa, nada foi registrado até as 22h desta terça-feira.

Para o evento, foi montado um esquema de segurança com 360 homens, entre guardas de trânsito, cavalaria, Bope, rádio patrulha, Rocam e policiamento especial de turismo.

A quantidade estimada de público era de pelo menos de 40 mil pessoas, mas, mesmo após o início da cerimônia, tinham apenas cerca de 5 mil, vindo a aumentar um pouco mais no decorrer da programação.

Muitas famílias foram prestigiar a inauguração. A dona de casa, Necira Barbosa, que estava acompanhada do marido e da filha, considerou a festa muita tranqüila e elogiou a segurança.

O porteiro Ari Santos, também achou a festa de inauguração segura. “É um evento cultural, então, tem que ser mesmo tranqüilo. Também a segurança está muito boa”, opina.

A operária Ilza da Silva também destacou o clima pacífico do evento. “Para uma festa desse porte está tudo ótimo. Não vi nenhum problema”, declarou.
A+ A-