Explosão de bujão de gás deixa 30 feridos em festa da padroeira em Boa Saúde

Incidente ocorreu em quiosque próximo ao palanque dos festejo em que se encontrava a governadora Wilma de Faria. Ela não se feriu. Há pessoas com ferimentos graves.

Diógenes Dantas,
Demis Roussos
Ambulâncias do SAMU levam feridos a hospital.
A explosão de um botijão de gás num quiosque particular deixou 30 pessoas feridas em festejos da padroeira de Boa Saúde, Nossa Senhora da Boa Saúde. A governadora Wilma de Faria presenciou o incidente, mas não se feriu. O fato ocorreu no início da noite. Segundo cálculos da PM que faz a segurança do local e da governadora, três pessoas se feriram gravemente. 

Segundo a polícia, as homenagens à padroeira de Boa Saúde transcorriam normalmente quando houve a explosão do botijão de gás num quiosque próximo ao palanque das autoridades. Havia pelo menos 500 pessoas na praça ao redor da igreja e o tumulto foi grande.



A governadora Wilma de Faria foi retirada do local imediatamente e levada para a casa da prefeita de Boa Saúde, Maria Edice (PR).

Wilma determinou a convocação do Samu Metropolitano e de médicos para ajudar no socorro às vítimas. O Corpo de Bombeiros também foi acionado pela governadora para apurar as causas do incidente.

Os feridos mais graves foram levados primeiramente para o Hospital de Santo Antônio, na região Agreste, para depois serem encaminhados ao Walfredo Gurgel, em Natal.

A+ A-