Comércio natalense sente queda das vendas após o Natal

Vendedores sentem queda no movimento e explicam o momento é de realizar trocas.

Gabriela Duarte,
Vlademir Alexandre
Lojas do centro da cidade estão vazias. Segundo os vendedores, o momento é de troca.
Ruas pouco movimentadas e vendedores de braços cruzados, esse é o cenário do comércio no centro da cidade nessa sexta-feira (28).

Os vendedores explicam que após o Natal, o movimento é intenso, mas devido às trocas. “O movimento está muito fraco, nossa expectativa é que melhore nesse sábado (29), uma vez que o Natal foi bom, porém desde o dia 26, nosso movimento é mais de trocas, o que aumentou em 20% comparado à 2006”, disse a vendedora Iris de Cássia.

Já no setor de eletrônicos, as vendas foram mais fracas, “o Natal não passou por aqui, não está como o ano passado, caiu muito, só não caiu para a confecção. Nossa esperança é que melhore em janeiro, quando nosso estoque entra todo em promoção. Os clientes passam, mas só olham, o momento é de pesquisa, ninguém compra”, explicou o vendedor de uma loja de eletrodomésticos, Josenildo “Tampa”.
A+ A-