Clima tenso das eleições são destaques na semana

Notícias de ataques por intolerância política aumentaram com polarização entre Bolsonaro e Haddad.

Equipe Nominuto.com,
Equipe Nominuto/Reprodução
Militares foram ouvidos pelos candidatos Jair Bolsonaro e Fernando Haddad para participações em eventuais governos.

segunda-feira

Confronto ente PM e criminosos em Extremoz deixa um refém baleado

Um tiroteio entre policiais militares e criminosos na comunidade de Estivas, em Extremoz, na Grande Natal, na noite deste domingo (7), deixou um refém baleado. Milton Coelho de Oliveira Neto, de 19 anos, foi atingido no pescoço, socorrido em estado grave e segue internado no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

Em plebiscito, população decide mudar nome de cidade potiguar

Em plebiscito realizado neste domingo (7), 95% da população de Augusto Severo, no médio oeste potiguar, decidiu mudar o nome do município para Campo Grande. A decisão ocorreu em paralelo às eleições gerais de 1º turno, em todo o País, para escolha de deputados federais, deputados estaduais, senadores, governadores e presidente da República.


terça-feira

Após derrota de Alckmin, 'Centrão' racha na definição de apoio no segundo turno

Após a derrota do tucano Geraldo Alckmin na disputa pelo Palácio do Planalto, o Centrão rachou na definição de apoio para o segundo turno. Reunidos na noite desta segunda-feira (8), em Brasília, representantes de partidos do bloco definiram que não vão tomar uma decisão coletiva sobre eventual aliança com Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT).

MP Eleitoral representa contra mais dois candidatos por “Voo da Madrugada”

O Ministério Público Eleitoral representou contra dois candidatos por propaganda irregular, nas cidades de Mossoró e Macaíba, no Rio Grande do Norte. Santinhos de Albert Dickson, candidato a deputado estadual, e Carla “Dickson” Lima, candidata a deputada federal, foram despejados nas proximidades das escolas estaduais Maria Estela Pinheiro, na cidade do Oeste, e Professor Paulo Nobre, no município da Grande Natal. A prática ilegal é conhecida como “Voo da Madrugada”.


quarta-feira

Emissários de Haddad sondam chefes militares

Com a possibilidade de o PT voltar ao poder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de dentro da carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, instruiu emissários a procurarem chefes militares das Forças Armadas. O objetivo foi medir a temperatura nos quartéis, caso Fernando Haddad chegue ao Palácio do Planalto depois das denúncias de corrupção na Lava Jato contra as administrações petistas. O ex-presidente está preso desde abril, após ser condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Generais ganham espaço na campanha e formulam planos de Bolsonaro

Um grupo de fiéis aliados egressos das Forças Armadas, liderados por três generais do Exército, vem ampliando seu espaço de influência na campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Equipes temáticas, especialmente da área de infraestrutura, que estavam sob comando do economista Paulo Guedes, no Rio, estão sendo integradas aos debates conduzidos pelos generais.


quinta-feira

Dois jovens são mortos a tiros na zona norte da capital potiguar

Dois rapazes, identificados como Mario Trindade, de 20 anos, e Neffy Laudson, de 21 anos, foram mortos a tiros ontem (10) à noite, dentro de um salão de beleza situado na avenida da Chegança, no bairro Lagoa Azul, zona norte de Natal.

Ciro Gomes viaja para o exterior e frustra planos de Haddad para o 2º turno

Derrotada nas urnas, Ciro Gomes (PDT) embarca para o exterior nesta quinta-feira (11), para viajar com a família, e deve ficar fora do País por até duas semanas . Os planos frustram as investidas do PT, que faz acenos ao candidato derrotado no intuito de trazê-lo para dentro da campanha petista no segundo turno das eleições 2018.


sexta-feira

Palocci entrega 18 tipos de 'provas' para corroborar delação

O ex-ministro Antonio Palocci entregou à Justiça 18 tipos diferentes de documentos - entre contratos fictícios, notas fiscais, e-mails e anotações - para corroborar sua delação premiada. Em petição ao desembargador João Pedro Gebran Neto, o ex-ministro volta a reforçar que sua colaboração premiada, homologada pelo magistrado, tem sido efetiva e que, por isso, deve receber os benefícios de um delator pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) - Corte de apelações da Operação Lava Jato.

Mulher é agredida em Pernambuco após discussão política

A Polícia Civil de Pernambuco está à procura de três homens e uma mulher acusados de lesão grave e ameaça contra a produtora e servidora pública Paula Pinheiro Ramos Pessoa Guerra, 37. Ela foi espancada na noite do domingo (7), em um bar na zona norte do Recife, supostamente por utilizar adesivos e bottons em apoio ao candidato à Presidência da República nas eleições 2018 Ciro Gomes (PDT) e ao movimento #EleNão, que faz oposição ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Tags: destaques
A+ A-