Bancários decidem pelo fim da greve no BB e BNB

As agências da Caixa continuam fechadas por tempo indeterminado.

Redação,
Ana Paula Oliveira
Greve dos bancários atinge apenas agências da Caixa Econômica Federal
Seguindo uma avaliação do quadro nacional, os bancários do Rio Grande do Norte decidiram em assembléia, na manhã desta quinta-feira (4), no Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte/RN), pelo fim da greve.

No entanto, as agências da Caixa Econômica Federal continuam fechadas por tempo indeterminado. Uma nova assembléia da categoria, marcada para às 18h30 desta quinta-feira (4), no auditório do Sinte, definirá os rumos do movimento nas agências da Caixa.

Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários, Juary Chagas, o movimento no RN foi enfraquecido devido ao comando nacional ter optado pelo fim da greve no país. Em entrevista ao portal Nominuto.com, ele revelou que será o representante da base do Rio Grande do Norte, em Brasília. “Estarei viajando ainda nesta semana com objetivo de buscar negociações junto a Caixa”, pontuou Chagas.

A assembléia também decidiu a participação de uma representação do Rio Grande do Norte, na marcha para Brasília, no dia 24 de outubro. “A caravana terá como principal objetivo mostrar a nossa indignação contra as reformas do Governo Lula, com foco na reforma da previdência”, admitiu o presidente do Sindicato dos Bancários, Liceu Carvalho.

Reivindicação
Os funcionários da Caixa reivindicam a criação de um plano de cargos e salários, igualdade entre os empregados, contratação imediata de mais empregados, cumprimento da jornada de seis horas e cesta-alimentação para todos os aposentados e pensionistas.
A+ A-