Aprenda como decorar sua casa de praia sem gastar muito

Dicas da arquiteta Mirella Procópio podem mudar seu ambiente praieiro e conservar o que já existe na casa de praia.

Marília Rocha ,
Sol, mar, clima de férias e uma casa de praia. Esse cenário pode ser imaginado por todos como uma bonita paisagem de veraneio nas praias do litoral potiguar, mas pode ficar ainda melhor com as dicas da arquiteta Mirella Procópio para decorar a sua casa de praia sem gastar muito.

A porta de entrada de uma verdadeira casa de praia começa pela varanda e por isso nosso roteiro de dicas começa também por ela. A arquiteta explica que o cenário mais adequado tem paredes com tons claros que podem ser contrastados por uma parede com tom mais vibrante. “O veranista pode apostar em uma parede de varandão com redes espalhadas e uma parede diferente com uma cor vibrante que pode ser azul ou verde cores desde que seja colorida de forma harmônica”, argumenta a arquiteta.

Ela lembra que as cores são mais usadas porque provocam leveza ao ambiente e dispensa o amarelo das paredes onde a presença do sol estiver mais forte. “A tonalidade amarela sugere mais calor porque reflete mais o sol e ainda pode ‘desbotar’ com mais facilidade”, explica Mirella Procópio.

Há anos no mercado de arquitetura de interiores, Mirella Procópio conta que já mudou o visual de muitas casas de veraneio com dicas importantes para iniciar a mudança. “Os objetos de decoração também são essenciais para provocar a mudança no ambiente de uma casa de veraneio: opte sempre por redes em tons claros, de terra e por espaços amplos e com ventilação apropriada para ventos do veraneio”, esclarece Mirella.

Alguns objetos são dispensáveis na casa de veraneio como os tapetes que acumulam sujeira e podem até mofar por causa dos umidade. As almofadas estão liberadas desde que sejam em números reduzidos, coloridas e de fácil limpeza.

Os sofás – tão bem recebidos nas residências em Natal – ficam sem segundo plano nas casa de praias e tem nos tecidos impermeáveis um importante aliado para a ida a praia. “Se o sofá tiver um tecido impermeável pode ser bem vindo a casa, mas tem que ter o tecido fácil de se lavar. A mesma dica vai para os tecidos de quartos que devem ter textura leve”, justifica a arquiteta.

Falando em quartos, estes devem ter espaços para receber bem os visitantes. Mirella brinca dizendo que casa de praia é um lugar ideal para receber os amigos durante o verão e orienta aos leitores na escolha de camas e prateleiras móveis. “O dono da casa tem que pensar que vai estar sempre recebendo amigos e familiares e por isso, a melhor opção é deixar prateleiras e bancadas livres para acomodar malas e objetos e que possam sair do local inicial sempre que chegar um convidado”, frisa.

Para o espaço da gastronomia - a cozinha e a área de churrasco - Mirella Procópio alerta para o uso de combogós - que são uma espécie de tijolo com perfuração - ideais para ventilação! Mas cuidado: deixe os eletrodomésticos longe deles por causa da maresia.

E para finalizar nada melhor do que pensar na piscina: grande, pequena, de alvenaria, de fibra e até de plástico: o ideal é qu estejam acompanhadas de mesas com sombrinhas e que a área de lazer tenha um piso antiderrapante, para evitar acidentes.

Lembre-se de cuidar sempre da sua casa com manutenção ao longo do ano para evitar transtornos com problemas nas ligações da parte elétrica e hidráulica da casa. Ah, as telhas também merecem atenção.

Use também enfeites de portas, de paredes e cortinas feitas seguindo a tendência moda praia e divirta-se com a decoração da sua antiga casa de praia que ficará novinha com as dicas.
A+ A-