Traficantes tentam fraudar concurso da PM

Quatro pessoas foram presas no dia do exame, no Pará. Para promotor, elas queriam se beneficiar da imunidade.

Traficantes do Pará tentaram fraudar um concurso público para ingressar na Polícia Militar. Quatro pessoas foram presas em flagrante durante a prova em Conceição do Araguaia, na semana passada. O caso foi denunciado pelo Ministério Público nesta terça-feira (4).

A Promotoria filmou um suposto integrante da quadrilha fazendo a prova. Ele colocou a sua foto na carteira de identidade de outro homem, que responde por receptação e tráfico de drogas. Depois, o suspeito que fez a prova teria entregado o gabarito com as respostas para um rapaz que responde pelos crimes de tráfico de drogas e homicídio.

Os quatro presos vão responder por falsidade ideológica, falsificação de documento, estelionato e formação de quadrilha.

Um dos detidos é funcionário do Ministério Público e deve ser demitido do cargo. Há dois anos, ele passou em primeiro lugar no concurso para auxiliar de manutenção.

Para o promotor Gilberto Martins, os traficantes estão tentando ingressar na polícia para usar a estrutura do estado como proteção e ter imunidade.

Fonte: G1.
A+ A-