Senador acredita que CCJ escolha na próxima semana relator para proposta de voto aberto

Pelo projeto, acaba o voto secreto em processos de cassação de parlamentares, escolha de ministros, na eleição dos integrantes da Mesa Diretora e na análise de vetos presidenciais.

Agência Brasil,
Brasília - O senador Paulo Paim (PT-RS) disse nesta sexta-feira (14) que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça deve escolher na próxima semana o relator da Proposta de Emenda à Constituição de sua autoria que acaba com o voto secreto na Casa. A PEC está há um ano na Comissão aguardando relator.

"O senador Marco Maciel [presidente da CCJ] disse que vai escolher o relator essa semana".

Pelo projeto, acaba o voto secreto em processos de cassação de parlamentares, escolha de ministros, de representantes de agências reguladoras, na eleição dos integrantes da Mesa Diretora e na análise de vetos presidenciais. "O cidadão passa uma procuração para cada um de nós e tem o direito de saber como votamos", disse.

Proposta semelhante já foi votada em primeiro turno na Câmara e aguarda votação do segundo turno. "As duas casas têm de trabalhar. Senado e Câmara tem de mostrar disposição para acabar com o voto secreto", afirmou.
A+ A-