Presos fazem rebelião em penitenciária da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, há reféns no complexo Milton Dias Moreira, em Japeri.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução/PM
Imagens feitas de helicóptero da PM mostram movimentação na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense.

Dois dias após a decretação da intervenção federal na área de segurança pública do Estado do Rio, detentos da Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, iniciariam uma rebelião neste domingo (18). Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), há reféns neste momento.

Conforme nota divulgada por volta de 19h45 pela Seap, inspetores de segurança e administração penitenciária frustraram, ainda de tarde, uma tentativa de fuga de internos na penitenciária. "Logo após, os internos iniciaram um motim. A Seap informa ainda que há reféns, no momento", diz a nota.

Segundo o jornal "Extra", pelo menos quatro agentes penitenciários, um deles chefe de segurança da cadeia, teriam sido feitos reféns pelos presos. O portal de notícias "G1" informou que agentes penitenciários foram abordados durante a contagem dos presos, por detentos com dois revólveres e uma pistola.

O Grupamento de Intervenção Tática (GIT) da Seap está no local. O Batalhão de Choque e diversas unidades da Polícia Militar (PM) também apoiam a ação diante da rebelião.

Mais cedo, a Seap havia informado que uma série de medidas especiais foram tomadas nas penitenciárias. Algumas delas estavam sendo planejadas antes do decreto de intervenção federal, publicado na última sexta-feira, mas foram antecipadas após o presidente Michel Temer tomar a medida.

Em nota, a Seap informou que a "intervenção abrange todos os setores da segurança pública e, dessa forma, coube ao secretário antecipar algumas medidas de controle, na intenção de evitar qualquer reação da população carcerária". Questionada, a secretaria não detalhou quais seriam as "medidas de controle".

Tags: Baixada Fluminense penitenciária reféns Rio de Janeiro
A+ A-