Preso em Sorocaba acusado de ser um dos maiores traficantes de ecstasy em SP

Estudante universitário foi preso nesta segunda-feira (3) com 500 comprimidos de ecstasy.

O estudante universitário Anderson Clayton Hansen, o Baby, 21, foi preso nesta segunda (3) por policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Sorocaba, no interior paulista, com 500 comprimidos de ecstasy.

Segundo a polícia, Baby seria um dos principais fornecedores dessa droga em baladas e festas do interior do Estado. A delegada acredita que ele comercializava cerca de 20 mil comprimidos por mês.

Ele estava em um carro, na rodovia que liga Itu a Salto, na companhia dos estudantes Rafael Francisco de Lima, 22, e Bruno Aguiar Lima, 21, que também foram presos. Uma mulher que estava em outro carro e, possivelmente, negociava a compra da droga, conseguiu fugir. Os comprimidos estavam embalados em sacos plásticos.

De acordo com a delegada Simone Ricci, da Dise, a droga era adquirida em Amsterdã, na Holanda, e entrava no Brasil pelo balneário de Trancoso, na Bahia, de onde era distribuída para Salvador, Brasília e São Paulo. Para evitar a polícia, ele programava as entregas em pontos ermos de rodovias. Com a prisão, a polícia espera chegar às conexões do traficante.

Baby e os dois outros suspeitos foram autuados por tráfico e levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba.

Fonte: UOL
A+ A-