Peixe-elétrico mata adolescente de 17 anos no Pará

Estudante pescava em um igarapé quando recebeu a descarga elétrica. Depois do choque, ele caiu na água e morreu afogado em Eldorado do Carajás.

O Instituto de Medicina Legal (IML) de Marabá confirmou, nesta terça-feira (4), a causa da morte do estudante Fernando Pereira do Nascimento, de 17 anos.

Ele recebeu uma descarga elétrica de um poraquê, conhecido como peixe-elétrico. O rapaz pescava em um igarapé, em Eldorado do Carajás (PA), no domingo (2).

Quando sofreu a descarga elétrica, Nascimento caiu na água e morreu afogado. O peixe tinha cerca de 1,5 metro de comprimento e foi morto a tiros por outros pescadores.

Segundo informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a descarga elétrica emitida pelo poraquê pode chegar a 600 volts.

Fonte: G1
A+ A-