Jovem de Porto Alegre denuncia agressão por vestir camiseta "ele não"

Caso começou a ser investigado pela Polícia Civil.

Da redação,

A Polícia Civil apura um ataque a uma jovem na Cidade Baixa, em Porto Alegre. O caso, que teria ocorrido na noite de segunda-feira (8), na Rua Baronesa do Gravataí, próximo à Rua da República, foi registrado como lesão corporal. A jovem, de 19 anos, relatou aos policiais que foi atacada por três homens, agredida e teve marcado no corpo com canivete um desenho semelhante à suástica, símbolo nazista.

A vítima contou aos policiais que vestia uma camiseta identificada com "Ele não", movimento contrário à eleição de Jair Bolsonaro (PSL). A jovem também estaria com uma bandeira LGBT+ na mochila. Ela disse à polícia que, por volta das 19h30min, foi atacada pelo trio próximo a um colégio. Os homens teriam desferido socos contra ela e, em seguida, enquanto dois a seguravam, um fez os riscos com o canivete em sua barriga.

A ocorrência foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, que informou nesta quarta-feira (10) que o caso começou a ser investigado. Policiais buscam câmeras de segurança para tentar identificar os agressores. 

Os policiais ainda irão ouvir a jovem e buscar imagens de câmeras de segurança das proximidades do local onde teria ocorrido o ataque.

Tags: agressão
A+ A-