FAB intercepta monomotor com 300 kg de cocaína na fronteira com a Bolívia

Aeronave não adotou os procedimentos de abordagem e, classificada como suspeita, foi comboiada.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Twitter/FAB
Dois aviões de ataque A-29 Super Tucanos da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptaram na manhã deste sábado (9) um monomotor vindo da Bolívia em voo clandestino, sem registro e sem identificação. A aeronave PT-IDV, monitorada por um jato-radar E-99, não adotou os procedimentos determinados na abordagem pelos A-29. Classificado como suspeito, o avião foi comboiado para pouso no aeroporto de Tangará da Serra, em Mato Grosso.

Entretanto, antes disso, o piloto realizou uma manobra de risco e pousou o monomotor em uma área de pasto em Tapirapuã (MT). Um time da Polícia Federal, acionado desde de o momento em que o PT-IDV passou a ser acompanhado pelo sistema de defesa aérea, seguiu para o local.

Em nota, a Força Aérea informou que o monomotor transportava 300 kg de cocaína pura. A interceptação faz parte da Operação Óstium, de repressão ao tráfico de drogas, armas e contrabando nas fronteiras.


Anúncio Publicitário:

Tags: FAB Força Aérea Tráfico de drogas
A+ A-