CPI: em 4 meses, 651 presos foram mortos no País

Além disso, outros 13.819 presos conseguiram fugir do sistema carcerário brasileiro.

O presidente da CPI do Sistema Carcerário da Câmara dos Deputados, Neucimar Fraga (PR-ES), informou nesta terça-feira (4) que, de janeiro a abril deste ano, 651 presos foram mortos em penitenciárias, detenções, delegacias de polícia e outros tipos de prisões. Outros 13.819 presos conseguiram fugir do sistema carcerário brasileiro. 

As informações foram passadas após a leitura do relatório preliminar do deputado Domingos Dutra (PT-MA) sobre a morte de 25 presos na cadeia pública de Ponte Nova, em Minas Gerais, carbonizados dentro de uma cela, no dia 23 de agosto. A leitura teve que ser interrompida devido ao início da Ordem do Dia no plenário da Câmara.

A+ A-