Avião Embraer 190-LR da companhia aérea Myanmar pousa sem as rodas dianteiras

Todos os 82 passageiros e sete tripulantes do voo UB103 saíram da aeronave em segurança no aeroporto internacional de Mandalay.

Da redação, Estadão Conteúdo,
STR/AFP
Todos os 82 passageiros e sete tripulantes do voo UB103 desembarcaram em segurança, depois que o avião Embraer 190-LR apresentou defeito.

Um avião da Myanmar National Airlines fez um pouso de emergência no aeroporto internacional de Mandalay, em Myanmar, neste domingo (12), usando apenas as rodas traseiras, depois que o trem de pouso dianteiro não foi utilizado.

Todos os 82 passageiros e sete tripulantes do voo UB103 de Yangon desembarcaram em segurança, depois que o avião Embraer 190-LR, fabricado no Brasil, apresentou um defeito no trem de pouso dianteiro e precisou pousar somente com uso das rodas traseiras.

Um comunicado na página do Facebook da companhia aérea explicou que o Sistema Indicador do Motor e o Sistema de Alerta de Tripulação do avião indicavam uma falha. O piloto tentou um procedimento de emergência para puxar as rodas, mas não teve sucesso. 

O capitão seguiu os procedimentos de emergência para despejar combustível para reduzir o peso da aterrissagem, e fez um pouso seguro às 9h09 da manhã (horário local), disse o comunicado.

Aparentemente, um vídeo feito por um dos passageiros e publicado nas redes sociais mostrou uma retirada urgente, mas ordenada, de passageiros e da tripulação. Passageiros foram vistos se afastando do avião, vários deles sorrindo.

As operações de voo no aeroporto foram suspensas por pelo menos duas horas. / Associated Press

Tags: Embraer 190-LR Myanmar
A+ A-